Mixtape #142

Por Fabricio C. Boppré em 19/09/2014

Mixtape #142 by Fabricio C. Boppré on Grooveshark

Esse som que abre a mixtape é o melhor som do Sabbath sem o Ozzy, na minha opinião. Tenho ouvido intensamente o Sabbath nesses últimos dias, com Ozzy e sem Ozzy… Pelo o que me consta, ocuparam a vaga de vocalista da agremiação Ozzy, Dio, Ian Gillan (o cara do Deep Purple), Glenn Hughes (também com passagem pelo Deep Purple) e ainda um outro caboclo chamado Tony Martin sobre quem não sei nada. Os discos com esses dois últimos caras não mereceriam estar dispostos numa mesma estante onde estão clássicos magníficos como Master of Reality ou Vol. 4, mas o Tony Iommi torna eles todos, pelo menos, audíveis, sem maiores compromissos.

Categoria(s) associada(s): Mixtapes e streamings

Créditos da imagem: Copiada daqui.



1 comentário:

  • Sid Costa em 19/09/2014

    Caraca The Sign of… é a minha predileta da era Dio também. O Sabbath tem muitas glórias, mas também causa vergonha alheia. Tente escutar o Forbidden de 1995, tem até uma participação do Ice “Body Count” T em The Illusion of Power. A capa é um capítulo a parte, parece os desenhos do John McCrea na HQ Hitman.

    Outra predileta daqui é essa Wond’ring Again, quer dizer, a mãe dela Wond’ring Aloud, essas baladas curtas do Tull são ótimas!

Não é mais possível adicionar comentários para este post.