Mixtape #129

Por Fabricio C. Boppré em 13/06/2014

Mixtape #129 by Fabricio C. Boppré on Grooveshark

Como não tenho nada para escrever, vou apenas copiar um trecho da transcrição de uma entrevista dada por um eminente brasileiro, trecho no qual ele responde se se arrependia de certa vez ter dito que admirava o sanguinário ditador chileno Pinochet:

Não, não porque algumas pessoas levaram para outro lado. O que eu vou fazer, o que penso não é assim? Se eles querem levar que levem. Eu quis dizer que o Pinochet fez muita coisa para o Chile, iniciou uma nova etapa no Chile. Agora, quantos que ele matou lá no estádio, eu não sei. Para chegar num ponto bom, num ponto que o Chile cresceu, alguma coisa tinha que ser feita, foi ele. Iniciou, fez a parte boa, fez a parte ruim, a parte ruim eu não conto, eu só conto a parte boa. Eu fiz um elogio de que foi assim. Aí os caras disseram que eu sou do regime tal, eu não sei nem que regime existe. Quem sabe seja até uma alienação minha ruim. Mas eu sou ainda a pessoa, não vejo partido, não vejo regime, não vejo nada. Só fiz um elogio pelo que eu conhecia do Chile. Até hoje de noite eu vou jantar com um chileno que esteve lá no Grêmio, o Cristian Lopes, que é um empresário, uma pessoa que me recebeu no Chile muito bem: “Olha, depois do Pinochet nós começamos isso, começamos aquilo, nosso índice de analfabetismo foi ótimo, nós melhoramos a nossa situação financeira”. “Está bom, e o errado?” “O errado nem te falo”.

Um pensador brilhante, como vocês podem ver.

Categoria(s) associada(s): Mixtapes e streamings

Créditos do post: Copiada daqui.

Créditos da imagem: Copiada daqui.



2 comentários:

  • Vicente em 13/06/2014

    DIIV

    Banda que gravou um DISCAÇO.

    Se sair neste ano um novo disco que vem sendo gravado desde 2013 (o líder tem supostos problemas com heroína), podemos avaliar se eles migram para a condição de BANDAÇA.

    A julgar por Oshin, não é bem de se duvidar.

  • Fabricio em 14/06/2014

    Se eu não me engano, conheci a banda a partir de alguma lista tua, Vicente. Achei bem legal sim; talvez não o mesmo nível de entusiasmo, mas gostei.

Não é mais possível adicionar comentários para este post.